ENTREVISTA

ENTREVISTA

Sofia Lucas

No mundo da Comunicação Social em Angola, ela é uma das profissionais mais competentes e elogiadas, sendo apontada como fonte de inspiração por muitos jovens jornalistas. Sofia Lucas, apresentadora de televisão, guionista, directora de conteúdos, dançarina, cantora, licenciada em análises clínicas e mestre em Microbiologia, é o rosto marcante da TV Zimbo no Cooltura, um programa que leva o melhor da cultura angolana à televisão nacional. Numa entrevista super descontraída, a Kool dá-lhe a conhecer mais sobre este ícone da TV.

Se tiveres que te descrever, quem é a Sofia Lucas?

A Sofia Lucas é uma mulher miúda cheia de energia, com foco um pouco desorganizado, meio palhaça meio séria, meio poetisa meio realista, nobre, solidária, com muita lógica na cabeça, mas sempre pronta a abrir a mente! 35 anos de vivências, umas boas outras más como todo o mundo, Lobitanga, Lisboeta e Luandense, que gosta do genuíno e original e que está sempre a aprender a conhecer-se a si mesma dentro do mundo que a rodeia!

 

Ser apresentadora de TV nunca foi o teu sonho, como é que entras para a televisão?

De facto nunca foi, mas aqui estou e a minha entrada foi meio por acaso, só para parar com a insistência de um amigo que me quis convencer a deixar o C.V. na TV Zimbo. Lá deixei, isto porque estava desempregada depois de ter participado numa telenovela. Deixei, chamaram-me, testaram-me e comecei sem pouco ou nada saber, foi um arriscar, uma aventura que nunca mais parou!

 

O que é que a televisão mudou na tua vida?

Já é um percurso de 8 anos e já fica difícil percepcionar mudanças directas provocadas pela televisão, pois umas coisas levam a outras… mas claro que conheci gente óptima através da TV, pessoas essas que de alguma forma me fizeram mudar o pensamento e abrir a mente e isso mudou, ou moldou, quem sou hoje. Mudou a minha forma de ver a sociedade angolana, dá-me a oportunidade de conhecer muita coisa, mais o nosso país, pessoas interessantes, muitos recantos, muitos talentos, inúmeros projectos que vale a pena conhecer. Tudo isso contribui para perceber o potencial humano que temos, que o pessoal mexe-se muito bem, cria muito e que acredita com alma e garra. Confirmar isso também provoca mudanças em mim, também “bebo” dessa garra. Mudou a minha forma de comunicar, porque é um treino constante, e para quem sempre foi tímida e introvertida como eu, sem dúvida que alterou a minha forma de ser e estar.

 

Fala-nos um pouco sobre o teu programa, o Coolltura.

O Cooltura é um programa de infoentretenimento a caminho de 5 anos, que surge como uma plataforma de projectar talentos, dar a conhecer de forma positiva, leve, dinâmica e jovem a arte angolana, movimentos e projectos. Coisas que possam inspirar os nossos jovens, a perseguirem um sonho, a identificarem uma profissão, a apaixonarem-se e interpretarem a arte, a abrirem a mente… deixando sempre uma janela aberta ao internacional, porque lições positivas que possamos tirar lá de fora são muito bem vindas e conhecer outras culturas faz-nos entender melhor a nossa!

 

Já passaste por outros programas na Zimbo, nomeadamente Made in Angola e Chocolate. O que te vês a fazer no futuro?

Passei também pelo Sexto Sentido, para além do Chocolate e Made in Angola, e no futuro vejo-me a fazer documentários, considero ser um desafio muito enriquecedor!

 

Disseste que não te inspiras em ninguém no modo como fazes televisão, Como é a tua relação com os profissionais desta área?

Dou-me bem com os meus colegas e aprecio o trabalho de vários, peço sugestões, por vezes também faço críticas construtivas ao trabalho deles, quando fazem ao meu fico satisfeita, pois dali poderei crescer ou melhorar o que for possível. Se não me inspiro em ninguém é simplesmente pelo facto de gostar de trazer algo genuíno e original e que “seja eu”. Todos nós somos únicos e irrepetíveis, porque não trazermos precisamente isso a quem nos assiste!? Trago a minha sensibilidade, sentido de humor e visão própria ao fazer televisão.

 

Ser figura pública requer muito de ti? Como lidas com esse lado?

Ser figura pública é uma preocupação apanágio de o ser, porque o que faço, o que digo e o trabalho que apresento podem influenciar outros, principalmente os mais jovens, assim como o meu comportamento e atitudes fora da tela. Penso nisso de forma ponderada, mas não tenho grandes preocupações relativamente a más influências que possa exercer. Não consumo drogas, não fumo, não bebo, alimento-me de forma saudável, faço exercício físico, respeito os outros, sou solidária, enfim… sou simpática com quem me aborda, lido bem com tudo isso, é algo tranquilo. Posso dizer que sou bem comportada e até um bom exemplo!

 

Como defines o teu estilo?

O meu estilo é bastante descontraído, meio desportivo meio hipster, estilo natural básico, criativo, moderno, hippie, afro, dramático… uma fusão de estilos, não tenho um estilo único, é um pouco como acordo e como me sinto. Sou um ser com as suas complexidades e por vezes gosto de me vestir ao sabor do meu estado, para mim não é importante seguir a moda, importante é sentir-me bem comigo e gostar de me ver ao espelho!

 

Tens namorado?

Tenho sim e estou muito feliz com ele.

 

Casar está nos teus planos?

Casar não é o mais importante para mim, mais importante é estar bem ao lado da pessoa que me faz bem, que me compreende e me ama, assim como eu a ele. Se acontecer casarmos será algo de acordo entre nós, sem influências externas, mas para já não está nos nossos planos!

 

Gostas mais de conquistar ou de ser conquistada?

Gosto mais de ser conquistada, perceber a evolução dos sentimentos em mim, os pensamentos cada vez mais “viciados”, a alegria só por existir, a doçura com tudo à minha volta… É bom ser conquistada!

 

Que estilos musicais gostas mais de ouvir?

Soul, R&B, Hip Hop, Reggae e Pop.

 

Sabemos que és apaixonada por dança. Tens algum plano virado para esta área?

Infelizmente não, devido a uma lesão que tenho no joelho esquerdo, o que me limita em algumas actividades físicas, mas sem dúvida que a dança é uma paixão! Já fui professora de Hip Hop e foi uma fase sensacional da minha vida!

 

O que fazes nos tempos livres?

Passeio com o meu namorado, brinco com o meu gato, vejo filmes, faço exercício físico, vejo televisão, leio algumas coisas, é variável…

 

Uma mensagem para os jovens aspirantes à Comunicação Social.

Vejam televisão, leiam, informem-se, façam formações, aprendam constantemente, não sejam preguiçosos, acima de tudo sejam éticos no vosso trabalho e sejam únicos!

 

Diz só…

Prato Preferido? Muzongué

Música que nunca te cansas de ouvir? Spoiled by Joss Stone

Ritual de Beleza? Lavar a cara com água fria, colocar creme e protector solar

O que é que nunca falta na tua mala? Água

Não sais de casa sem… Comer

Acessório Preferido? Brincos

O que é que nunca falta no teu roupeiro? Calças de ganga

A viagem que te falta fazer? (Espanha)

O que te faz dar uma boa gargalhada? Relembrar velhos tempos com velhos amigos